Como se preparar para entrevista de emprego - Eloquência

Como se preparar para entrevista de emprego

Qual profissional nunca passou por entrevista de emprego?

Este exercício é quase obrigatório e pode abrir portas para você.

Ele pode ser preparado para maximizar suas chances de sucesso.

VOCÊ TEM MEDO DE FALAR EM PÚBLICO?

Receba por e-mail nosso guia gratuito sobre

​COMO VENCER ESSE MEDO:

Simples como uma conversa, a entrevista é na verdade planejada com base em várias etapas.

Elas consistem principalmente em:

  • saber se apresentar,
  • expor suas habilidades técnicas, know-how e sua personalidade,
  • explicar seu projeto profissional, por que você está interessado na oportunidade e como pode contribuir para a empresa.

Mas, acima de tudo, causar uma boa impressão é o que leva a empresa a ter vontade de  trabalhar com você.

O RH não estará interessado nas suas habilidades técnicas ou no seu conhecimento, mas sim no seu comportamento. Vai querer saber sua personalidade e seu comportamento social, para definir se você pode se integrar facilmente com as pessoas que já trabalham na empresa.

Mesmo o gerente técnico ou o comercial, que encontrará depois, poderá aceitar o fato de você não ter algum conhecimento, porque terá tempo para aprendê-lo, mas não aprovará um candidato com quem não se relacione bem.

Seguem 3 etapas para preparar bem uma entrevista.

1. Prepare seu conteúdo

A primeira coisa é claramente saber o que gosta de fazer, por que motivo faz o seu trabalho e qual é o seu projeto.

Nem sempre é fácil ou claro definir o que estamos procurando na vida, o que nos guia em  nossas escolhas. Falar de nossa personalidade, o que gostamos e o que nos anima, ajudará a esclarecer o fio de nossa carreira e o de nossa apresentação. Isso implicitamente transmitirá ao interlocutor algo essencial: coerência e propósito.

Pense com antecedência, saiba como explicá-lo em poucas palavras e saiba como usá-lo para organizar seu conteúdo e apresentar uma versão coerente de sua carreira, em relação à posição pretendida.

Então você pode começar a preparar os “exercícios propostos”:

  • Apresente-se em detalhes, contando toda a sua carreira.
    Como você fará no contexto de uma solicitação de emprego, é bom destacar em seu histórico o que você já fez no cargo e o que pode trazer, dando exemplos, se possível.
    Se tiver dados ou números concretos para ilustrar suas realizações e sucessos, poderá usá-los para tornar essas experiências mais impactantes.
    Deve-se tomar cuidado para que esta apresentação não seja monótona; Amplio esse ponto na parte 2 abaixo.
  • Apresente-se em um minuto.
    Este exercício permite identificar o que é mais importante a dizer sobre você e sua experiência profissional.
  • Qual é o seu projeto profissional?
    Onde você se vê daqui a cinco anos?
    O que despertou seu interesse nesta publicação de emprego?
    Essas perguntas são sobre o que você quer fazer no futuro: seus objetivos, talvez seus sonhos! :-), e como o cargo para o qual você está se candidatando o ajudará.
    Seu interlocutor busca consistência em sua experiencia e também no seu futuro.
    Se está fazendo mudança de carreira, você pode explicar porquê e deixar claro que agora sabe o que quer fazer. Se é uma extensão de suas experiências passadas, pode explicar como acredita que essa posição melhora sua situação e progride em direção ao seu objetivo.
    Esse objetivo deve ser realista e acessível.
    Ter um objetivo permite que você se destaque de outros candidatos.
  • Quais são as suas áreas de melhoria?
    Seu interlocutor fará com que você gaste esta entrevista para conhecê-lo e saber se você será capaz de se integrar bem às equipes.
    Se ele não conseguir identificá-lo, não vai querer arriscar contratar você. Por isso, recomendo respondê-lo realmente e escolher entre os eixos de melhoria aquele para o qual já tem soluções.
    Ninguém é perfeito e é isso que o interlocutor deseja verificar.
  • Por que você deseja deixar sua posição atual?
    Essa pergunta surge com muita frequência, então você pode pensar em uma maneira simples de respondê-la.
  • O que você sabe sobre a empresa na qual está se candidatando?
    Seu interlocutor espera pelo menos que você tenha consultado o site da empresa. Então é claro que é bom fazer isso.
    Se quer mostrar que está realmente interessado, pode tentar fazer mais. Pesquisar os estudos de mercado da Internet que mencionam a empresa, ler o que a imprensa especializada poderia dizer ou consultar cuidadosamente a publicação dos resultados da pesquisa do ano anterior e faça anotações para fazer perguntas sobre determinados pontos.
  • O que você espera do seu gerente?
    Existem dois estilos principais de gerenciamento: diretivo e participativo.
    No primeiro, seu chefe geralmente está presente para lhe dizer exatamente o que fazer;
    no segundo, ele lhe dá mais liberdade, mas também espera resultados.
  • Quais são as suas expectativas salariais?
    Melhor pensar com antecedência e ser claro em sua resposta. Se você definir uma faixa salarial, é melhor que não seja muito ampla.

2. Treine

  • O segredo está na repetição!
    Você pode ler meu artigo anterior para obter mais explicações sobre este ponto: a importância do treino.
    Com a repetição o que era esforço passa a ser fácil e se torna natural
    Para o desenvolvimento de qualquer habilidade é preciso REPETIR.
  • Filme-se ou peça a alguém para filmá-lo enquanto repete na frente dele.
    Peça o feedback sobre o que ele entendeu e sentiu.
    Assista ao vídeo e se interesse pelo conteúdo, mas principalmente pelo nível de confiança e simpatia que inspira, para fazer boa conexão com seu interlocutor (da importância da conexão entre pessoas para comunicar).
  • Consulte um profissional de oratória para desenvolver suas habilidades de comunicação oral ou um profissional de recrutamento para treinar esse exercício específico.
  • Como evitar uma apresentação monótona?
    O resultado de uma fala monótona pode ser a perda do interesse por parte do interlocutor. Dessa forma, o emissor da mensagem pode vivenciar a frustração de não atrair a atenção.

    Alguns aspectos na comunicação podem diferenciar uma pessoa da outra, no quesito “Prender a Atenção“, a forma de transmitir a mensagem como postura, uso da voz e fala.

    O primeiro passo é exercitar a autopercepção
    Como costuma ficar sua postura?
    Ela transmite autoridade e equilíbrio?
    Sua voz tem sempre o mesmo volume e entonação ou você consegue fazer modulações?
    Você transmite entusiasmo?
    À partir dessa reflexão é necessário exercitar o que pode ser aperfeiçoado.

    Não é que eles não possam ver a solução.
    É que eles não conseguem ver o problema.

    Gilbert Chesterton

    Observar-se enquanto estiver falando é a base para ajustar-se se necessário.
    Perceber o corpo, ouvir o que está dizendo, perceber as palavras. 
    Não querer ser eloquente ou perfeito mas saber que é possível aperfeiçoar a comunicação verbal e não verbal enquanto falar.
    A comunicação para ser natural não precisa ser inconsciente. 

    A voz precisa ter uma projeção adequada e uma boa entoação. O corpo precisa ter um bom equilíbrio esteja você em pé ou sentado.
    Equilibrando o corpo e a voz, a fala é melhor modulada.

    A prosódia é a melodia. Eu escrevi um artigo sobre Prosódia e Ritmo.
    Uma fala linear, com uma postura corporal que transmita insegurança torná-se monótona e consequentemente não atrairá a atenção do interlocutor.

    Para não ter a fala monótona é necessário exercitar sempre a auto percepção. Conhecer as ferramentas que nos possibilitam ter uma comunicação mais eficiente, como o corpo e a voz e usá-las de acordo com a intenção desejada.

3. Seja natural durante a entrevista.

Todos os ensaios anteriores não devem impedir que você fique relaxado e possa conversar livremente na hora da entrevista.

No dia anterior, tente esquecer tudo o que preparou e limpe sua mente fazendo por exemplo uma atividade relaxante.

Durante a entrevista, dê prioridade a ouvir e responder claramente a perguntas. Ter preparado algumas não deve fazer com que você perca o que seu interlocutor pede.

É importante causar uma boa impressão nos primeiros momentos: sorrindo, relaxado mas demonstrando seriedade, e feliz com este encontro. Seja natural. Por exemplo, se você não é uma pessoa muito sorridente, pode tentar sorrir em dois ou três momentos importantes e o restante do tempo se comportar normalmente.

Para preparar bem sua entrevista de emprego, é preciso:

  • conhecer bem seu conteúdo,
  • treinar,
  • ser natural durante a entrevista.

Click Here to Leave a Comment Below 0 comments

Leave a Reply: