Gestos - Eloquência

Gestos

gestos

Você já deve ter perguntado: O que fazer com as mãos em uma apresentação?

Muitas pessoas ao falarem em público não sabem o que fazer com as mãos.

Quando estamos à vontade em uma conversa as mãos fluem. Mas basta saber que se é o centro das atenções, que muitas pessoas ficam sem saber o que fazer com elas.

VOCÊ TEM MEDO DE FALAR EM PÚBLICO?

Receba por e-mail nosso guia gratuito sobre

​COMO VENCER ESSE MEDO:

Isso ocorre devido ao nervosismo, desconforto e o medo que muitos vivenciam em apresentações, palestras, reuniões, entrevistas de emprego, etc.

Trataremos aqui dos gestos conscientes que fazemos para ilustrar, completar ou apoiar a linguagem.

1 – Importância dos gestos na comunicação

Gestos são movimentos de alguma parte do corpo, como por exemplo, braços, mãos e cabeça. 

Em algumas culturas se gesticula pouco enquanto que em outras eles são soltos e expansivos.

A linguagem não verbal como a postura, a expressão facial, o olhar e os gestos são muito importantes.

Não nos comunicamos apenas pela fala. Ela é apenas um dos elementos da comunicação. 

Os gestos fazem parte da comunicação e são o apoio da fala. Muitas vezes,  gestos falam mais do que as palavras. 

Um gesto simples pode ter um grande significado.

A coisa mais importante em comunicação é ouvir o que não está sendo dito.

Peter Drucker

Pesquisas de laboratório de psicologia da UCLA (Universidade da Califórnia) conduzidas pelo professor Albert Mehrabian indicaram que a composição da comunicação humana face a face é a seguinte: 55% são mensagens não verbais (incluindo os gestos) 38% acontecem pelo tom de voz e 7% são o conteúdo. 

Pesquisa feita pelos australianos Allan e Barbara Pease, analisou três gestos e verificou aceitação da plateia em relação a cada um deles. Mãos com:  palmas para cima 84% palmas para baixo 52% dedo indicador apontando 28%.

aceitação gestos

Há oradores que se preocupam muito com o conteúdo e esquecem dos gestos e acabam por prejudicar a transmissão de sua mensagem.

Em uma apresentação os gestos ajudam a enfatizar algumas expressões e ideias facilitando a memorização das mesmas pela plateia. Causam impacto.

Por meio dessa linguagem a fala ganha força, credibilidade, estética.

Estão presentes na dança trazendo beleza e graça para a bailarina.  Os gestos de um regente de uma orquestra trarão toda harmonia para a música.

2 – O que fazer com as mãos em uma apresentação? 

Para que o gestual possa fluir com naturalidade,  necessário se faz o alinhamento da postura corporal. Coluna vertebral ereta, pés aproximadamente na direção dos ombros e ombros abertos sem exagero. Esta postura dará maior equilíbrio e proporciona um estado de segurança. 

Pense:

  • Solte as mãos. Ajudará a destravar e a desinibir.
  • Utilize o gestual entre a cintura e o queixo.
  • Se usar gestos acima da cabeça para exemplificar algo, ou intensificar algum aspecto,  lembre-se de não usá-lo por muito tempo pois tirará a atenção da mensagem. A plateia tenderá a prestar atenção somente no gesto em exagero.
  • Enfatize determinadas palavras com a mão.

Evite:

  • Mãos paradas por muito tempo. Transmitem um estado de inibição e tensão. Além disso não ajudam a reforçar a mensagem.
  • Soltar as mãos com movimentos rápidos e sem parar. Pode transmitir ansiedade e desespero.
  • Esconder as mãos: mãos no bolso, braços cruzados, mãos atrás das costas.
  • Falar com dedo indicador apontando na direção da plateia. Pode transmitir acusação, excesso de agressividade e autoritarismo. 
  • Gestos repetitivos.
  • Gesto que contradiz a mensagem. Ex: a pessoa fala “o meu interior” mas usa o gesto para fora, na direção da audiência e não na direção do próprio corpo.

Gesticular com naturalidade transmite segurança e entusiasmo
Gesto preso transmite que o orador está preso e não há boa conexão com a plateia.
É importante ter essa consciência e exercitar soltar o gestual.
Isso ajudará a raciocinar e ser eloquente.

Não pense em regra e sim em adequação. 
Eu dei algumas dicas que facilitarão sua comunicação. 
Exercite falar e gesticular. Filme e depois assista. Observe o que transmitiu. Quanto mais treinar, mais natural e consciente se tornará. 

Click Here to Leave a Comment Below 0 comments

Leave a Reply: